quarta-feira, 16 de junho de 2010

Hilton São Paulo Morumbi tem projeto de compensação de carbono.



Fachada do Hilton São Paulo Morumbi
(foto: hilton.com)
 
O Hilton São Paulo Morumbi lança, neste mês, um programa de compensação de emissões de gases que causam efeito estufa. A iniciativa consiste em medir o volume destes gases produzidos durante os eventos realizados no empreendimento e compensá-los por meio da compra de créditos de carbono da Hidrelétrica Rossi, localizada em Santa Catarina.
 
"Temos consciência de que atingimos milhares de pessoas de diferentes comunidades e, por isso, é extremamente relevante uma iniciativa como essa", explica Patrício Alvarez, gerente geral do hotel. "Se cada um fizer a sua parte, certamente podemos atingir resultados surpreendentes na área da sustentabilidade", completa ele.
 
O sistema LightStay, que trabalha com a medição do consumo de água e energia, produção de lixo e dióxido de carbono nos empreendimentos Hilton em todo o mundo, calcula o impacto ecológico dos eventos. São estimadas as emissões resultantes de transporte, alimentação, hospedagem, entre outros fatores. A neutralização é feita pela compra dos créditos correspondentes.
 
A Hilton Worldwide estabelece como meta até o ano de 2014 a redução do consumo de energia, da produção de resíduos e da emissão de CO2 em 20%.
(Redação)
 

Um comentário:

  1. Oi visite o meu blog de design e meio ambiente, obrigado um abraço

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário... o Planeta agradece!!!